Informe o código do produto ou pesquise pelo nome

Mais do que estético, o revestimento da área do box do banheiro deve estar alinhado com o uso dos moradores e o estilo do ambiente

Projeto assinado pelo escritório Schuchovski Arquitetura (Foto: Eduardo Macarios / Divulgação)

 

POR: Casa e Jardim

Quer reformar ou está projetando um novo banheiro? Cada vez mais as pessoas estão procurando ousar nos revestimentos para agregar estilo à decoração. Porém a escolha deve estar alinhada com a estética da área molhada, tem que harmonizar com o box e se enquadrar na dinâmica e no uso dos moradores.

Confira algumas opções de revestimento para este local do banho:

1. Porcelanato

Para quem prefere padrões mais tradicionais, o porcelanato é uma escolha certeira. Para aqueles que gostam de estampas mais ousadas, o material também oferece inúmeras opções. As peças podem ser aplicadas no chão, nas paredes e até no teto e não darão muito trabalho. Além disso, a versatilidade e a tecnologia do material permitem que também se componha nichos, bancadas, pias e até banheiras esculpidas. Para garantir a beleza e a durabilidade do material, prefira os modelos retificados, que necessitam de menos espaço de rejunte. No chão do box, evite os modelos polidos, pois escorregam.

Pisos e paredes foram cobertos com porcelanato idêntico ao mármore calacata, opção mais barata, resistente e fácil de manter. Projeto de Andrea Murao (Foto: MCA Estúdio / Divulgação / Produção: Núria Uliana)

 

2. Pastilhas

De cerâmica ou de vidro, as pastilhas são bem comuns nos banheiros. O material costuma revestir parte do ambiente, como a área do box, incluindo o piso, ou aparecer em alguns detalhes, como em uma faixa na meia parede.

Alguns acabamentos existentes foram aproveitados neste banheiro, como bancada, piso, louças, metais e pastilhas na área do box. Projeto do escritório Oliva Arquitetura (Foto: Julia Ribeiro / Divulgação)

 

3. Cerâmicas

As cerâmicas são os revestimentos tradicionais para todas as áreas frias da casa e existem em centenas de modelos, que podem ser usados nas paredes e nos pisos. Os mais comuns para a área do box são os subway tiles, que aparecem em diversas cores.

Compacto e bem resolvido, o banheiro da suíte tem bancada de Corian voltada para o armário, aquecedor de toalhas preso na parede e nichos para guardar produtos de beleza escavados nas paredes. O charme fica por conta do azulejo rosa da Colormix e do espelho. Projeto do arquiteto Rafel Zalc (Foto: Nathalie Artaxo / Divulgação )

 

4. Revestimento 3D

O uso de revestimentos 3D está em alta em todos os cômodos da casa. Feitos de vários materiais, eles trazem textura e movimento para o ambiente e agregam valor à decoração.

Porcelanato da Villagres reveste o piso do ambiente, que se abre para um jardim, com armários de madeira laqueada e tampo de nanoglass branco. Nas paredes do box e onde fica o espelho, revestimento cerâmico da Ceusa traz uma textura (Foto: Marcus Camargo / Divulgação)

 

5. Hexagonal

O revestimento hexagonal é tendência já há alguns anos e está sempre presente nos projetos de arquitetos e designers de interiores. O material traz um visual moderno e cheio de personalidade e pode ser adquirido em vários tamanhos, cores e acabamentos. Composições com cores distintas dão um toque ainda mais interessante ao décor.

Composição com diferentes revestimentos traz sofisticação ao único banheiro da casa. Piso hexagonal de banheiro da Colormix. Piso Vinílico da House Parquet. Projeto do escritório Bia Guedes Arquitetura, em parceria com Daniela Lag (Foto: Filipe Augusto / Divulgação)

 

6. Cimento queimado

O cimento queimado tradicional é uma ótima opção para áreas molhadas. O material é resistente, de fácil limpeza e fica lindo no banheiro, mas precisa ser feito por um profissional qualificado. O efeito também pode ser conquistado com porcelanato, tintas e texturas especiais, porém, as últimas, não devem ser usada na área do box.

 

O tom pastel do piso e o cimento queimado garantem seriedade ao espaço. Projeto assinado por Mona Singal e Rafael Zalc (Foto: Nathalie Artaxo / Divulgação)

 

7. Pedra

As pedras naturais também podem ser instaladas na área molhada e são ótimas por sua resistência. Mármore e granito são menos comuns, por conta do valor alto. Mas seixos telados e a pedra São Tomé são frequentemente adicionados aos projetos de decoração.

No projeto do Studio 3.7, marcenaria executada pela Marcenaria Silva Suzuki, revestimentos Palimanan e box Millennium Vidros (Foto: Gisele Rampazzo / Divulgação)

 

8. Madeira

A madeira é um material mais complicado de usar em áreas molhadas, mas é possível. É necessário que o material receba um tratamento e seja impermeabilizado. O mais comum é usar os decks no chão. Para trazer a textura e as cores do material, o mais indicado é o porcelanato com padrões de madeira.

Revestimento acetinado branco (15 x 15 cm) da Eliane. Deck de madeira Grapia com verniz. Bancada de pedras da Basalto. Misturador e chuveiro Docol. Cuba da Incepa. Bacia da Deca. Projeto do Arquisimplica em casa em Butiá, RS (Foto: Roberta Gewehr / Divulgação)